Algumas horas, inesquecíveis, em Verona

Estávamos em Mestre - Veneza, tínhamos pouco tempo e queríamos muito conhecer a Casa de Giulietta. Não podíamos perder. Era tão perto…
Então, como loucos, ávidos por adrenalina, fomos na missão…. literalmente!
Pegamos o trem das 11:02h e levamos 1 hora para chegar em Verona. Para não perder tempo, pegamos um táxi que nos levou direto à Casa de Giulietta. Nos deixou bem na esquina mesmo, porque a rua é de pedestres.
Sacada da casa de Julieta

Já viram o filme “Cartas para Julieta”? Era como se o filme passasse em nossas mentes, revivendo o momento em que a atriz Amanda Seyfried passa pelo pequeno túnel que dá acesso ao jardim interno, aonde as pessoas deixavam seus bilhetes de amor. É igualzinho ao filme, mas com um gostinho bem melhor… fazíamos parte do roteiro. O mais interessante é que o "Clube de Giulietta" realmente existe... As cartas podem ser respondidas e correspondidas... hahahahaha... haja romantismo e imaginação.
Bem à nossa frente, estava a estátua de bronze de Giulietta. Reza a lenda que, se passarmos a mão pelo seu seio direito, encontramos nosso amor verdadeiro. Pela coloração diferenciada, muitos já tiveram essa esperança (espero que tenham obtido sucesso). Como já encontrei o meu, achei melhor não!!!! kkkk
Ao lado esquerdo, uma pequena lojinha, contendo tudo relacionado ao tema (motivo para mais comprinhas) e, à direita, a entrada para a charmosa casa.





A linda história de Romeu e Julieta é fictícia mas, estando ali, posso jurar que a história de fato, aconteceu! Aliás, vários "Romeus e Julietas" já passaram por ali, ou não, fazendo jus à todo romantismo que os envolve.
A visita nos custou 4 euros/ cada. Havia uma visita também ao seu túmulo (que, colocando o cérebro para funcionar, fico me perguntando: se é uma história fictícia, o que ou quem será que está lá dentro?) mas não podíamos perder tempo. Uma pena!
Então, logo na entrada, há o busto de Romeu, uma escadaria que desemboca em uma sala aonde tem a famosa sacada de onde, se contam as histórias, Julieta esperava Romeu e eles, muito e eternamente apaixonados, trocavam suas juras de amor. Neste andar, podemos apreciar algumas ilustrações. Subimos mais um andar. Atrás deste lance de escadas tem uma vitrine de vidro com lanças expostas, acredito eu, com mais de 400 anos. 
No segundo andar, encontramos objetos da época e vários computadores que contrastam com as antiguidades. Neles, podem ser enviadas cartas à Giulietta (o amor se adequando à modernidade).
No andar de cima, está o quarto, que conta com vitrines que exibem as roupas dos apaixonados…. encantador.



Vestido de Julieta

E bora descer que nosso curto tempo está acabando... Snif!
Voltamos à lojinha e não pude sair de lá, sem comprar meu cadeado e do meu amor (custam entre 5 e 10 euros) para que fiquemos para sempre juntos e apaixonados, não que eu ache que isso vai mudar algo, mas não custa nada prevenir…. 



No pequeno túnel da entrada, ao olhar para as paredes, há vários nomes com corações e mensagens lindas e românticas. Aproveitei para deixar a nossa marca!





Mas, infelizmente, não tínhamos mais tempo sobrando para conhecer nenhum outro lugar em Verona. Foi só para matar a incrível e incontrolável vontade de conhecer este lugar mágico. 
Saímos, literalmente, correndo pela rua, porque tínhamos apenas 25 minutos para chegar à estação de trem.
Passamos pela Arena,  ficamos babando e pensando que, com certeza, voltaríamos lá um dia pra conhecer essa cidadezinha linda, como todas as outras que conhecemos na Itália! Depois de já estarmos sem fôlego, avistamos um táxi na praça e lá fomos nós, para a estação de trem. Conseguimos chegar na plataforma, acreditem, 4 minutos antes do horário… Ufa!
O que eu não tinha contado ainda é, que, se perdêssemos o trem, perderíamos o avião de volta pra casa…
Mas cada batida dos nossos corações acelerados e preocupados, valeu muito a pena!!!!

Casa de Giulietta - Via Cappello, 23 - Verona
Horário de funcionamento:
2ª 13h45/19h30, 3ª / dom 8h30/19h30

Entrada: 4 euros

Ate a próxima!